Sobre o Consórcio

Passo 5 – Taxas de administração

a) Fundo Comum (FC): este é o valor que todo consorciado paga para formar um fundo destinado à aquisição do bem. A contribuição para o Fundo Comum é definida conforme a divisão do percentual do preço do bem ou serviço contratado, pelo número de meses de duração do grupo.

b) Taxa de Administração (TA): a taxa de administração indicada no contrato, é a remuneração da administradora pelos serviços prestados na formação, organização e administração do grupo até o seu encerramento. O percentual da taxa cobrada é de 10%, divididos dentro dos 50 meses do plano, o que representa apenas 0,2% sobre o valor mensal do bem ou serviço contratados.

c) Fundo de Reserva (FR): o fundo de reserva é uma proteção que garante o funcionamento do grupo em determinadas situações. O consorciado só pagará esse fundo quando a sua cobrança estiver prevista em contrato. O valor do fundo de reserva, também está dividido nos 50 meses do plano.

Importante: se houver recursos no fundo quando o grupo encerrar, este será devolvido proporcionalmente aos consorciados.

d) Seguro: o consorciado estará sujeito, ainda, ao pagamento de prêmios de seguro, nos termos do contrato, tais como: seguro de quebra de garantia e o seguro de vida. O seguro de quebra de garantia destina-se a cobrir o pagamento das prestações a vencer dos consorciados contemplados, e no caso de seguro de vida em grupo, caso haja falecimento do consorciado, destina-se ao pagamento das prestações a vencer.

 

 

 

** Fonte: http://wwww.rodobens.com.br/consorcio/consorcio_passo_a_passo.jsp



Share |